quarta-feira, 28 de março de 2018

10 coisas que uma pessoa faz por causa da ansiedade e as pessoas não percebem.

A ansiedade é uma reação que todo indivíduo experimenta diante de algumas situações do dia a dia, como falar em público, expectativa para datas importantes, entrevistas de emprego, vésperas de provas, exames de saúde entre outras.
Porém, ainda falta entender que a ansiedade em excesso pode debilitar um indivíduo. É preciso falar sobre situações que são complicadas e que limitam a pessoa que sofre de ansiedade mais intensa ou patológica.
O Site da Revista Bem Mais Mulher listou 10 coisas que pessoas ansiosas fazem, mas quem está ao redor não percebe que são por causa de momentos de ansiedade.

1.Recusa convites quando realmente gostaria de aceitá-los

A ansiedade as vezes se torna tão debilitante que a pessoa não tem forças para sair.
A pessoa sente-se animada para encontrar aquele amigo, porém devido a ansiedade, quando o dia realmente chega, a única coisa que ela consegue dizer é não.
O problema do ansioso é que ele não quer ser um peso para ninguém, então em sua cabeça só resta desmarcar o convite.

2. Ficar obcecado por coisas que ninguém se importa tanto.

Provavelmente os pensamentos obsessivos derivam de um estado de ansiedade. Talvez a obsessão seja com uma conversa que teve dias atrás, ou com a maneira como alguém o olhou na semana passada.
Seja o que for,  é  difícil para pessoas que não são ansiosas entenderem, porque não estão afetadas como a pessoa com ansiedade.

3. Acordar e não conseguir dormir mesmo cansado.

Pessoas com alto nível de ansiedade geralmente tem problemas para dormir.
Relaxar é complicado, porque o ansioso tem o costume de remoer tudo que acontece durante o dia.
Acordar fora do horário, às vezes, por ter a necessidade de fazer tudo logo. Dormir é definitivamente um desafio.

4. Constantemente teme que o pior aconteça em todas as situações.

Antes de encontrar alguém, se convence de que tudo será um desastre. Se vai viajar, pensa nos acidentes.
Quando acaba adoecendo, entra em pânico com o fato de que há algo muito errado.
A lista continua e parece uma bobagem. Mas para o ansioso são medos reais.

5. As conversas que teve jamais acabam na sua cabeça.

O ansioso procura evitar o confronto, porque sabe que isso vai piorar sua ansiedade.
Quando há uma discussão ou até mesmo uma conversa adorável para a outra pessoa, na cabeça do ansioso, tudo está sendo investigado minuciosamente em busca de um motivo para fazê-lo sentir-se mal.

6.Fica mais preocupado consigo mesmo se alguém pergunta se está tudo bem.

Durante um ataque de ansiedade se alguém  pergunta se está tudo bem e mostra alguma preocupação, isso algumas vezes piora a ansiedade.
É claro que as pessoas fazem isso por bem, querendo ajudar. Mas na cabeça de quem sofre de ansiedade, nesse momento imagina que “se estão perguntando porque estou mal, é porque estou terrivelmente mal mesmo a ponto de nem disfarçar”. 

7. Sente-se culpado quando alguém não responde imediatamente.

Seja o melhor amigo ou alguém pouco importante, é muito estressante quando não lhe respondem.
Quem não é ansioso geralmente liga pouco pra isso.  Mas para o ansioso, caso não lhe respondam, ele sente que a culpa é dele.
“Será que fiz algo errado?”, mas às vezes só está conversando com alguém que está com outras prioridades na cabeça.

8. Constantemente compara a vida com as de outras pessoas da sua idade.

Na timeline do Facebook várias pessoas da sua idade estão conseguindo o emprego dos sonhos, isso faz muito mal.
Mesmo sem querer se comparar com os outros, a ansiedade faz com que a pessoa retire o que há de melhor nela.
É inevitável, então, ficar preocupado se nesta corrida imaginária  está em um nível de prestígio.

09.Repete todos os erros e gasta mais tempo remoendo isso, do que refletindo numa solução.

Um erro no trabalho ou na faculdade, pronto. Isto irá arruinar vários dias da pessoa ansiosa.
Esforça-se bastante para fazer tudo certo, mas quando envia acidentalmente algo, esquece de um detalhe no que está fazendo e é alertado disso, sofre.
Porque a reação ao problema ocorrido gera mais problema na sua cabeça.É a ansiedade mesmo.

10. Em alguns dias fica exausto demais para sair da cama.

Tem dias que a ansiedade se torna muito maior.  Não consegue fazer outra coisa a não ser ficar deitado e chorando.
Parece que o mundo é demais e que o melhor seja tirar uns dias de folga. A ansiedade pode de fato debilitar alguém tanto quanto qualquer outra doença.
Apesar de muitas pessoas não entenderem ( como não entendem sobre diversas outras doenças), a pessoa com crises de ansiedade  precisam de ajuda profissional.
Informações: Thought Catalog
www.bemmaismulher.com

terça-feira, 20 de março de 2018

Quer impedir a coleta dos seus dados no Facebook? Faça esses ajustes

O "vazamento de dados" de 50 milhões de usuários do Facebook - que fez até o presidente do Facebook Mark Zuckerberg ser convocado para dar explicações - na verdade não foi um vazamento. Todas as informações foram obtidas de maneira legítima, usando mecanismos previstos e autorizados pela rede social e pelas configurações de privacidade dos usuários.

A irregularidade nesse caso - o "vazamento" - foi quando uma pessoa autorizada a coletar esses dados, o professor Aleksandr Kogan, repassou tudo para a Cambridge Analytica e sua matriz, Strategic Communication Laboratories. Essa prática violou as políticas do Facebook, pois a rede social restringe o repasse de informações para certas finalidades.

Do lado técnico, porém, toda a coleta ocorreu de forma legítima. Kogan inclusive pagou pelos dados e obteve autorização das pessoas envolvidas: o aplicativo "thisisyourdigitallife", usado por 270 mil pessoas, oferecia compensação financeira por quem respondesse algumas perguntas e autorizasse o uso das informações. E o aplicativo conseguiu chegar em 50 milhões de pessoas porque, por autorização das pessoas e do Facebook, também podia pegar dados dos amigos de quem baixou o aplicativo.

Felizmente, você pode mudar essas configurações. Mas entenda: elas modificam como terceiros podem acessar seus dados. O Facebook sempre terá acesso a tudo que você colocar na rede social.





Tela de configuração de privacidade do Facebook, ajustes destacados. (Foto: Reprodução)

Como acessar as configurações do Facebook
- No computador:


 (seta para baixo no canto superior direito) > Configurações. 

- No celular:

(menu 3 barras) > Ajuda e configurações > Configurações da Conta.

A partir desta tela, você acessará outras duas telas de configuração:

Aplicativos:
Nesta tela, que está diretamente relacionada ao caso da Cambridge Analytica, você deve observar os dois botões "Editar", especialmente o do quadro "Aplicativos que outras pessoas usam.

Ao clicar em "Editar", você verá um quadro com todos os tipos de dados que seus amigos podem ceder aos aplicativos que eles usarem, caso esses amigos tenham permissão para ver os dados em seu perfil (foto).

Desmarque todos os tipos de dados que você não quer que seus amigos possam compartilhar. O seu perfil deve estar pré-configurado para permitir que seus amigos compartilhem diversas informações do seu perfil.

Importante: Seus amigos podem acabar entregando seus dados a aplicativos sem que percebam que isso está acontecendo. A maioria dos aplicativos faz avisos bem vagos sobre as informações que precisam e como as utilizam. Portanto, não é uma questão de malícia por parte dos seus amigos.

O outro botão "Editar", em "Plataforma", é um pouco mais restritivo. Se você desligar a plataforma do Facebook, não poderá fazer uso de sites ou aplicativos que tenham a opção "Entrar com o Facebook". Também não poderá usar aplicativos que não permitam a criação de contas próprias ou que funcionam dentro do próprio Facebook.

Outros aplicativos vão permitir somente que você use alguma outra informação pessoal, como o número de telefone, para realizar o seu login. Além disso, é possível que a funcionalidade desses aplicativos seja reduzida se não houver acesso aos seus dados. Desligue a plataforma do Facebook apenas se você tem certeza de que não precisa desses recursos.


SAIBA MAIS
Testes e 'correntes' no Facebook podem coletar dados e criar riscos

Privacidade

Na tela privacidade, as três últimas opções são as mais relevantes. Elas permitem que alguém encontre seu perfil pelo seu e-mail, pelo número de telefone e por pesquisas públicas na web.

Essas opções não têm relação com o caso da Cambridge Analytica, mas diminuem as chances de seu perfil ser encontrado por "crawlers" -- softwares que automatizam a coleta de dados, visitando perfis e capturando as informações que estiverem públicas.

Configurações na tela de Privacidade do Facebook. Restrinja a associação do seu número de telefone e seu e-mail ao seu perfil, e bloqueie o acesso de mecanismos de busca. (Foto: Reprodução)

Em 2010, o especialista em segurança Ron Bowes utilizou essa tecnologia para guardar o nome e links para 100 milhões de perfis do Facebook. Bowes só não capturou outras informações, como fotos e curtidas, porque não dispunha da capacidade de processamento. O pacote de dados coletado por Bowes ainda pode ser facilmente baixado na internet.

O Facebook não permite o uso desse tipo de tecnologia, mas existem meios para burlar os sistemas de defesa. Por isso, se você se preocupa com sua privacidade, faça os ajustes para impedir que qualquer um possa associar seu perfil ao seu número de telefone ou ao seu e-mail, e impeça que seu perfil fique público em mecanismos de busca.

Lembre-se de sempre considerar como pública qualquer informação que você deixa aberta no Facebook. Se você não quer que o mundo saiba de algo, use sempre o filtro de "Amigos" para bloquear o acesso de visitantes anônimos aos seus dados.





Alguns ajustes de privacidade ficam escondidos. Na imagem, destaque para o botão que define a privacidade das suas curtidas. (Foto: Reprodução)

Blog Segurança Digital
Altieres Rohr

sexta-feira, 2 de março de 2018

Atenção Gestantes de Buíque! Convite para uma Roda de Gestante


A MAC (Maternidade Alcides Cursino) realizará uma novidade em nossa cidade, Uma Roda de Conversa de Gestantes na próxima quarta-feira (07), às 09:00h, a equipe da Maternidade conta com a presença de você gestante.

Além de uma boa conversa, terá teste Rápido, Cadastro no Mãe Coruja, Massagens e muito para as futuras Mamães.

Este projeto tem a parceria da Equipe Mãe Coruja, Equipe Bolsa Família, Secretaria de Ação Social e San Produções.

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

NÃO QUERIA PAGAR O MOTEL: Homem bate carro contra muro de motel após tentar fugir do local sem pagar e é detido em Garanhuns

Um homem de 42 anos foi detido após bater o carro que dirigia contra o muro de um motel na quinta-feira 01 de fevereiro de 2018, em Garanhuns, Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, ele tentava fugir do estabelecimento sem pagar quando o acidente ocorreu.
Ainda segundo a PM, o homem estava com outras duas pessoas no veículo. Com ele foram apreendidas porções de maconha, cocaína e bebidas alcoólicas, conforme informou a polícia.  O homem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil do município para prestar esclarecimentos.
Agreste em Alerta


sábado, 27 de janeiro de 2018

Jovem é assassinado no bairro Vassoural, em Caruaru

Ainda de acordo com a PM, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas o jovem morreu no local.


Um jovem de 25 anos foi assassinado no início da noite deste sábado (27) no bairro Vassoural, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Segundo a Polícia Militar, a vítima foi atingida por disparos de arma de fogo.

Ainda de acordo com a PM, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas o jovem morreu no local. Ainda não existe suspeitas sobre a autoria ou motivação do crime. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Por G1 Caruaru


domingo, 12 de novembro de 2017

Ônibus tomba na BR-381 em Brumadinho e deixa sete mortos

Seis pessoas morreram no local do acidente e a sétima vítima morreu no Hospital Regional de Betim; ônibus seguia da Bahia para São Paulo.

Ônibus tomba na BR-381, próximo a Brumadinho, Região Metropolitana de Belo Horizonte, e deixa mortos e feridos (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Um ônibus tombou na BR-381 na manhã deste domingo (12), em Brumadinho, de acordo com a Autopista Fernão Dias, concessionária que administra a rodovia. O acidente ocorreu no sentido São Paulo por volta das 9h50, na divisa com Igarapé. Sete pessoas morreram.
Havia neblina no momento do acidente. A causa do tombamento é desconhecida.
O Corpo de Bombeiros informou que seis pessoas morreram no local, dentre elas um bebê de nove meses. Duas pessoas sofreram amputações e uma delas foi conduzida para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, pelo helicóptero da corporação. Um homem de 33 anos morreu no Hospital Regional de Betim.
A Polícia Rodoviária Federal informou que 13 pessoas foram socorridas com vida, sendo um em estado grave. No Hospital Regional de Betim foram atendidos três feridos, sendo que um deles não resistiu aos ferimentos.
Seis feridos foram levados para o Hospital João XXIII. De acordo com a Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), são quatro adultos e uma criança de dois anos. Um homem já teve alta e outros três adultos têm estado de saúde estável, assim como a criança. Somente um dos feridos está internado em estado grave.
Os outros feridos foram levados para um hospital em Igarapé.
Por telefone, uma funcionária da empresa RC Turismo, proprietária do veículo, disse que um representante foi enviado ao local do acidente, mas ainda não tem informações. Segundo ela, o ônibus, que ia de Itabuna, na Bahia, para São Paulo capital, está com a documentação em dia.
A pista sentido São Paulo chegou a ser totalmente interditada para atendimento às vítimas e foi liberada às 16h.
Por G1 MG, Belo Horizonte

sábado, 4 de novembro de 2017

Exposição “Vias da Arte” entra em cartaz no Sesc Ler Buíque

Obras em madeira dos artesãos Fábio Ramos e Luiz Benício serão apresentadas ao público a partir desta segunda-feira (06/11)


O trabalho em madeira dos artesãos Fábio Ramos e Luiz Benício será o tema de uma exposição que o Sesc Ler Buíque lança nesta segunda-feira (06/11). “Vias da Arte” levará ao público as obras dos dois artistas que retratam a alma nordestina por meio de figuras folclóricas, de vivências do dia a dia e da natureza da região onde vivem: o Parque Nacional do Vale do Catimbau, em Buíque.

As peças estarão em um espaço na Rua João Hieceno Alves Maciel, que fica em frente à Escola Engenheiro Klaysson de Freitas. O público poderá conferir a exposição até o dia 30 de novembro, sempre das 8h às12h e das 14h às 17h. A entrada é gratuita.

“O nosso objetivo é o de promover uma interação do público com as obras dos dois artistas. É também uma maneira de apresentar aos moradores de Buíque e região os talentos que a nossa cidade tem e que, muitas vezes, não são reconhecidos. O Sesc entende que a arte é uma forma singular de comunicação e um instrumento importante de educação”, afirma Geilza Paulino, gerente do Sesc Ler Buíque.

Luiz Benício – natural de Buíque, o mestre é conhecido por não fazer a derrubada de árvores para esculpir suas peças. Aproveita os troncos soltos na natureza e retrata o dia a dia do nordestino e tudo o que vê de belo na natureza. Já expôs seu trabalho na França, em Israel e na Itália e tem obras espalhadas por mais de 50 países. Além de Buíque, o mestre está se preparando para participar de uma exposição no Rio de Janeiro. “Ser homenageado pelo Sesc com uma exposição na minha terra natal é um presente. Estou muito satisfeito com esse reconhecimento”, afirma.

Fábio Ramos – também nascido em Buíque, Fábio, conhecido como Bacurau, iniciou a carreira de escultor há 10 anos por incentivo do Mestre Zé Bezerra que percebeu o talento do jovem artista. Retrata em suas peças elementos da natureza. Utiliza os contornos de galhos secos para trabalhar suas obras, aproveitando suas características naturais, interferindo nelas o menos possível. “É com grande alegria que participo dessa exposição que o Sesc vai realizar com nossos trabalhos. Para mim, podem mostrar minha arte às pessoas de minha cidade é muito gratificante”, ressalta.

Serviço
Exposição Vias da Arte do Sesc Ler Buíque
Data: de 6 a 30 de novembro
Local: Espaço na Rua João Hieceno Alves Maciel, em frente à Escola Engenheiro Klaysson de Freitas
Horário: das 8h às 13h e das 14h às 17h
Entrada gratuita

Informações: (87) 3855-2230

10 coisas que uma pessoa faz por causa da ansiedade e as pessoas não percebem.

A ansiedade é uma reação que todo indivíduo experimenta diante de algumas situações do dia a dia, como falar em público, expectativa para...